Árvores de São Paulo crescem menos, por causa da poluição do ar


A árvore tipuana, comum nas ruas da cidade, está crescendo menos por causa da poluição.

As tipuanas têm origem na Bolívia, mas são populares em São Paulo | Foto: cc 2.0 Mauro Halpern/Flickr

Árvores ajudam a melhorar a qualidade do ar que respiramos, porque filtram a poluição, acumulando metais em seu tronco e suas cascas, assimilando dióxido de carbono, atenuando a radiação solar e controlando a umidade que vem com a água da chuva.

Mas as árvores não conseguem cumprir tão bem esse papel se são afetadas demais pela própria poluição do ar. É o que acontece atualmente na cidade de São Paulo, segundo pesquisadores da USP.

Eles estudaram o comportamento da tipuana (Tipuana tipu), árvore de origem boliviana bastante comum nas ruas de São Paulo. As tipuanas da cidade estão crescendo menos, e por isso começam a atuar mais tarde no combate à poluição.

O tamanho da árvore faz toda a diferença. Uma árvore de grande porte é 70 vezes mais eficaz no combate à poluição do que uma árvore de pequeno porte, de acordo com o estudo.

#Árvores #CidadesBrasileiras #PoluiçãoDoAr #SãoPaulo #USP