• Sandra Carvalho

10 minutos de massagem já diminuem o estresse

Isso estimula o sistema nervoso parassimpático, diz estudo da Universidade de Konstanz.


Massagem: o relaxamento físico pode ser medido pela frequência cardíaca | Foto: cc0 Cottonbro/Pexels

Dez minutos de massagem já bastam para aumentar os níveis de relaxamento físico é mental e diminuir o estresse - até 10 minutos de puro descanso ajudam.


Como? Tanto a massagem quanto o descanso estimulam o sistema nervoso parassimpático, o principal motor do corpo para relaxamento. A tese é de um estudo de psicólogos da Universidade de Konstanz, na Alemanha.


A pesquisa foi publicada no jornal Scientific Reports. "Períodos curtos de desligamento são suficientes para relaxar não apenas a mente, mas também o corpo", comentou Maria Meier, primeira autora do estudo.


Os pesquisadores testaram sua tese com duas massagens diferentes. Uma foi aplicada na cabeça e no pescoço, com pressão moderada no nervo vagal, o maior nervo que se dirige ao sistema nervoso parassimpático.


Outra massagem consistiu em movimentos suaves no pescoço e nos ombros, para colocar à prova se apenas o toque bastava para relaxar. O grupo de controle ficou simplesmente sentado, em repouso.


A frequência cardíaca dos participantes do teste foi medida para avaliar o relaxamento fisiológico. Quanto maior a variabilidade (VFC), mais relaxamento.


Todas as pessoas, inclusive as que estavam apenas sentadas, tiveram aumento na VFC. O incremento foi maior entre as pessoas que receberam massagem, independentemente do tipo. Todos os participantes também disseram se sentir mais relaxados após a experiência.


Segundo Maria Meier, nem é preciso recorrer a um tratamento profissional para relaxar. "Se alguém acaricia suavemente seus ombros, ou você descansa a cabeça na mesa por 10 minutos, já impulsiona eficazmente o mecanismo fisiológico de relaxamento do corpo", diz ela.


Veja mais: Noite mal dormida estraga até boas coisas do dia


#Massagens #UniversidadedeKonstanz