• Sandra Carvalho

8 coisas legais que o celular Google Pixel 2 XL tem

Os recursos turbinados por inteligência artificial fazem a diferença.


Pixel 2 XL: longe dos brasileiros | Foto: Google

A briga entre os celulares Pixel, do Google, e o iPhone, da Apple, no ano passado, quando o Pixel estreou, foi uma batalha de Itararé (a batalha que não houve).


Este ano, com o Pixel 2 XL, talvez aconteça. O novo smartphone do Google já chegou a lojas Google de cinco países (o Brasil está fora da programação, como em 2016). O preço: a partir de 850 dólares.


O Pixel 2 XL tem 8 coisas muito legais, várias delas turbinadas por inteligência artificial e aprendizado de máquina.


Provavelmente, são suficientes para fazer frente ao iPhone (e também aos flagships Android da Samsung).


1 - Google Assistant nativo, acessável por um apertãozinho lateral no celular.


2 - Um sistema de busca visual, o Google Lens, por ora exclusivo dos celulares Pixels. Veja o GIF ao lado.


3 - Um sistema de reconhecimento de músicas, como o Shazam, chamado Now Playing.


4 - Tela de seis polegadas expansiva, com bordas mais recuadas, embora não tão recuadas quanto as do iPhone X, mas também sem a reentrância estranha do design da Apple.


5 - Fones de ouvido Pixel Buds, movidos a inteligência artificial e capazes de traduzir 40 línguas em tempo real.


6 - Recursos especiais de fotografia, como modo retrato e efeito bokeh nas duas câmeras, fusão de múltiplos shots para melhorar a qualidade das fotos com pouca iluminação, imagens com movimento etc


7 - Corpo em alumínio, mais resistente que o vidro de vários smartphones top.


8 - Specs padrão de flagship, a começar do processador Snapdragon 835, telas OLED, câmeras de 12 e 8 megapixel, 4GB de RAM.


Para nós, brasileiros, o Pixel 2 XL tem um defeito gigante: nenhuma previsão de estreia no país.


#Celulares #Google #IA #Pixel