• Sandra Carvalho

Vala, issa, taoba. Pronto para aprender alto valiriano, de Game of Thrones?

O valiriano é língua de domadores de dragões e guerreiros, coisa de eruditos de Westerosi.


Opções de línguas do Duolingo | Imagem: reprodução Duolingo

Mais de 42 pessoas já começaram a aprender o beabá do alto valiriano no site de línguas Duolingo - e o curso ainda nem saiu do estágio beta.


Vala, issa, taoba são algumas das palavras que se aprendem na primeira lição da língua.

Alto valiriano, claro, é uma língua de ficção, que mesmo em Game of Thrones poucos falam.

Ela é a língua de domadores de dragões e guerreiros de uma antiga civilização dizimada por um cataclismo antes de Game of Thrones começar.


Virou coisa de eruditos de Westerosi, comparada ao latim para quem viveu na Idade Média.


O cérebro por trás do alto valiriano em Game of Thrones é o linguista David Peterson, que desenvolveu a língua para adaptação da HBO de As Crônicas de Gelo e Fogo, do escritor americano George R.R. Martin.


Ele se baseou em poucas palavras de alto valiriano escritas nos livros. Duas expressões bem conhecidas são "Valar dohaeris" ("Todos os homens devem servir") e "Valar morghulis" ("Todos os homens devem morrer").


No site da HBO americana há várias outras expressões divertidas de alto valeriano, inclusive com a pronúncia correta. Entre elas estão "Skoriot ñuhyz zaldrizesse ilzi?" ("Onde estão meus dragões?") e "Avy jorraelan" ("Eu te amo").


Para quem não é fã de Game of Thrones, mas é louco por Jornadas nas Estrelas, vem aí outra opção do Duolingo. Klingon está sendo incubado e deve estrear logo.


O Duolingo é a plataforma de línguas mais popular do mundo, com 170 milhões de usuários. É um dos exemplos mais bem-sucedidos de gamificação. Entre seus investidores estão Google Capital, Ashton Kutcher e Kleiner Perkins Caufield Byers.


#Duolingo #HBO #Séries #Sites