• Sandra Carvalho

Ai Weiwei mostra o dedo de novo, para levar sua arte para rua

Weiwei já mostrou o dedo diante da torre Eiffel e da igreja Sagrada Família.


Rebeldia banhada em ródio: Weiwei | foto: reprodução eBay

Mão de artista, no repertório do artista e ativista chinês Ai Weiwei, é mão que mostra o dedo médio.


Ele já fez isso diante da torre Eiffel, em Paris, da igreja Sagrada Família, em Barcelona , da Ópera de Sydney e de muitos outros cenários icônicos, na série Estudo de Perspectiva.


Agora há uma Mão do Artista, escultura banhada em ródio, à venda no eBay por 675 dólares, para levantar fundos e ajudar a bancar a exposição de sua arte nas ruas de Nova York.


Não é qualquer arte de Weiwei. Ele e a ONG Public Art Fund estão exibindo seus trabalhos sobre imigrantes de Good Fences Make Good Neighbours por Nova York desde ontem.


É uma exposição monumental, que vai até fevereiro, com instalações enormes em vários pontos da cidade, 200 banners 2D em postes e 98 imagens de campos de refugiados e fronteiras.


Além de Mão do Artista, Weiwei colocou à venda no eBay, para ajudar a custear a exposição, uma print do trabalho Odissey, sobre a odisseia dos refugiados, num estilo de afresco greco-romano, por 100 dólares. A série de prints é limitada.


Odisséia dos refugiados: ironia no estilo | Foto: reprodução eBay

#AiWeiwei #Arte #Refugiados