• Sandra Carvalho

Alemães criam carro elétrico para a África, o aCar


Elétrico e com tração nas quatro rodas, o aCar em vocação para ser barato.


aCar na África: berço em Munique | Foto: TUM

O aCar é um utilitário feito sob medida para a África, sobretudo para quem mora nas zonas rurais. Nasceu na Universidade Técnica de Munique, na Alemanha, conhecida como TUM.


O projeto já tem quatro anos, foi testado em julho em Gana e será apresentado em setembro no salão do automóvel de Frankfurt, o IAA 2017.


"O aCar é um off-road acessível e capaz de transportar muita carga", afirmou o professor Markus Lienkamp, da TUM, da equipe do projeto, num comunicado da universidade.


Os cientistas acreditam que o aCar deve ser vendido por até 10 mil euros, para fazer sentido para o seu público-alvo. Para comparação, um caminhão pequeno da marca chinesa JAC, 2017, usado, custa hoje aproximadamente 18 mil euros em Accra, a capital de Gana.


O aCar tem tração nas quatro rodas, sob medida para estradas de terra, e motor elétrico para ser de baixa manutenção e preservar o meio ambiente.


Roda até 80 quilômetros sem recarregar a bateria, que é de 20 kilowatts por hora. Para recarregar numa tomada comum, leva sete horas.


Pensado para pessoas e carga, o aCar consegue transportar até uma tonelada. Como tem estrutura modular, pode ser usado para outros fins. Os cientistas dizem que pode funcionar com um consultório médico ou uma estação de tratamento de água.


Inicialmente, o aCAr deve produzido na Europa, por uma startup criada especialmente para isso, a Evum Motors. Depois, a ideia é passar a produção para a África.


#África #Carros #CarrosElétricos #TUM