• Sandra Carvalho

As 10 cidades mais seguras do mundo segundo a Economist

Em 2021, o Rio fica em 39º lugar nesse ranking, e São Paulo mais uma posição atrás.


Copenhague: sempre entre as cidades mais seguras | Foto: cc Christoffer Trolle/|Flickr

Copenhague, a capital da Dinamarca, é a cidade mais segura do mundo. Pelo menos segundo o ranking de 2021 da unidade de inteligência da Economist, que compara 60 cidades ao redor do mundo.


"Todo mundo deve se sentir seguro em Copenhague, seja uma criança ou um idoso, homem ou mulher, LBTI+ ou integrante de qualquer outra minoria", notou LarsWeiss, o prefeito da cidade, na publicação da Economist.


Um fator importante é que a cidade tem uma taxa de crime muito baixa, mas não é só isso. A coesão social é alta e a disparidade de renda é baixa em Copenhague.


"É uma cidade misturada, onde tanto a assistente de faxina quanto o presidente de uma empresa se encontram no supermercado local e têm os filhos matriculados na mesma escola", observou o prefeito.


"Esse é um dos pilares da cultura dinamarquesa, e contribui muito para os níveis altos de confiança e segurança que nos beneficiam."


Em segundo lugar no ranking das cidades mais seguras fica Toronto, no Canadá, e em terceiro Cingapura, ambas honrando a fama de cidades tranquilas para viver.


Duas cidades brasileiras entram nesse ranking: o Rio de Janeiro, na 39ª posição, e São Paulo, na 40ª.


O Safe Cities Index 2021 leva em consideração segurança digital, de saúde, de infraestrutura e a segurança pessoal e ambiental. Rio e São Paulo ficam abaixo da média mundial em todos esses itens, com exceção da segurança ambiental. Confira o ranking: