• Sandra Carvalho

Baleia-franca-do-atlântico-norte está perto da extinção

O alerta é da IUCN, que já caracteriza a baleia como criticamente ameaçada.


Baleia-franca-do-atlântico-norte: perigo à vista | Foto: cc Moira Brown/New England Aquarium/Wikimedia Commons

A baleia-franca-do-atlântico-norte, que resistiu durante 10 séculos à caça dos homens, está a um passo da extinção. Restam apenas 250 animais adultos da espécie, segundo cálculos da IUCN, organização internacional para conservação da natureza.


Este mês a IUCN colocou a baleia na categoria de animais criticamente ameaçados da Lista Vermelha. Ela era considerada simplesmente ameaçada.


A baleia-franca-do-atlântico-norte (Eubalaena glacialis) praticamente já desapareceu da Europa e agora subsiste nos Estados Unidos e no Canadá. É protegida há quase 100 anos da pesca comercial, que quase causou sua extinção no século 20.


Ainda assim, continua a perigo por causa de ações humanas. Seu declínio mais recente tem causas conhecidas.


Uma delas, cada vez mais constante, é que ela se enreda nas redes dos grandes barcos pesqueiros. Das 30 mortes de exemplares da espécie provocadas pela ação humana entre 2012 e 2016, o emaranhamento nas redes foi responsável por 26.


Outra razão, também crescente, são as trombadas com navios. Para piorar, a taxa de reprodução da baleia tem caído, se comparada à vista nos últimos anos.


A IUCN também acredita que o aquecimento das águas do oceano tenha um peso, pois empurra as baleias para o norte no verão, rumo ao Golfo de São Lourenço. Ali aumentam as batidas acidentais com navios e há muitas armadilhas dos pesqueiros para caranguejos.


Perto da baleia-franca-do-atlântico-norte, o homem fica pequeno | Foto: cc James St.John/Wikipedia

Veja mais: Baleias jubarte diminuem na costa do Brasil


#AnimaisAmeaçados #AnimaisMarinhos #Baleias #IUCN #ListaVermelha #OceanoAtlântico