• Sandra Carvalho

BMW i8 Roadster: um carro híbrido para atrair duas tribos diferentes

Usando eletricidade e motor a combustão, o i8 Roadster vai até a 250 km/h.


i8 Roadster: para o ano que vem | Foto: BMW

Há duas tribos opostas difíceis de contentar: a dos fãs dos carros esportivos e a dos fãs dos carros elétricos. Pois é justamente a essas duas tribos que o híbrido plug-in BMW i8 Roadster tenta agradar ao mesmo tempo.


O carro foi apresentado esta semana no Salão do Automóvel de Los Angeles pela BMW com uma pegada sustentável. Chega às concessionárias por volta de maio do ano que vem.


Com seu jeitão futurista, o i8 Roadster chama a atenção pelo design, ainda mais na cor cobre. Usando eletricidade e o motor a combustão junto, o carro chega a 100 quilômetros por hora em 4,6 segundos. A velocidade máxima é de 250 quilômetros por hora.


O teto de lona levanta em 15 segundos, segundo a fabricante | Foto: BMW

Como carro elétrico, o i 8 Roadster não chega a impressionar. Movido apenas a bateria, seu alcance é de somente 29 quilômetros. Com eletricidade e gasolina juntos, roda 53 quilômetros sem recarregar a bateria. Os dados, da BMW, são ainda preliminares.


Concorrentes do i8 Rodster tentam ir bem mais longe. O novo Roadster da Tesla, por exemplo, 100% elétrico, previsto para 2.020, acena com 1.000 quilômetros de autonomia.


Preço: ainda não anunciado, mas estimado em 150 mil dólares | Foto: BMW

Comparando com um carro já lançado, o Tesla Model S roda 506 quilômetros sem recarregar a bateria. Olhando dentro de casa, o próprio BMW i3, 100% elétrico como o Tesla Model S, já tem alcance de 183 quilômetros.


#BMW #Carros #CarrosElétricos #Empresas #Sustentabilidade