• Sandra Carvalho

Brasil terá 98 dias tórridos por ano no final deste século

Temperaturas de 35 graus Celsius ou mais vão se tornar mais comuns aos poucos.


Dia de calor em Brasília: vai piorar   | Foto: cc Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Um calor alucinante vai fustigar cada vez mais os brasileiros. Os dias tórridos, com 35 graus Celsius ou mais, vão aumentar progressivamente até o final do século.


Já dá para prever quando e quanto, se ações para controlar a mudança de clima não forem realizadas.


Nas próximas duas décadas, o Brasil já passará de 11 dias tórridos por ano para 23. Em meados do século, vai chegar a 40 dias. No final do século, atingirá 98 dias.


As previsões são do Climate Impact Lab, montado pela Universidade da Califórnia (UC) em Berkekey, o Instituto de Política para Energia da Universidade de Chicago, a Universidade Rutgers, de Nova Jersey, e o Rhodium Group, de consultoria.


Se você está achando muito 98 dias, imagine outros países mais quentes que o Brasil. No México, os dias tórridos previstos chegam a 113. Na Índia, a 191. E no Sudão quase tomam o calendário todo: serão 324 dias.


Acompanhe pelos mapas do Climate Impact Lab a expansão dos dias super quentes.


1. Dias tórridos por ano de 1986 a 2005


2. Dias tórridos por ano de 2020 a 2039


3. Dias tórridos por ano de 2040 a 2059


4. Dias tórridos por ano de 2080 a 2099


No site do Climate Impact Lab você pode jogar com emissões mais baixas e três diferentes níveis de probabilidade.


O aumento dos dias super quentes ocorrerá com a elevação média da temperatura. Veja como é a evolução prevista nos mapas seguintes.


1. Temperatura média de 1986 a 2005


2. Temperatura média de 2020 a 2039


3. Temperatura média de 2040 a 2059


4. Temperatura média de 2080 a 2099


#AquecimentoGlobal #Brasil #MudançadeClima #OndasdeCalor #Rutgers #Temperatura #UCBerkeley #UChicago