Brincando de deus: cientistas reavivam cérebro de porcos mortos

Cientistas de Yale restauraram células de animais abatidos em frigorífico comum.


Neurônios (em verde) em cérebro de porco morto: à esquerda, o cérebro intacto; à direita, o cérebro alterado. | Imagem: Escola de Medicina de Yale

Com uma solução química, cientistas da Escola de Medicina de Yale conseguiram restaurar atividades celulares no cérebro de porcos várias horas depois de sua morte.

Os animais haviam sido abatidos num frigorífico comum.

O feito coloca em questão verdades estabelecidas sobre a natureza irreversível da cessação de certas funções do cérebro depois que a circulação do sangue é interrompida e os níveis de oxigênio caem.

Dá margem para esperança de restauração da circulação e de certas atividades celulares e moleculares no cérebro após a morte.

O sistema que restaurou parte das funções dos cérebros dos porcos em Yale se chama BrainEX.

#Cérebro #Medicina #Neurociência #Porcos #Yale