• Sandra Carvalho

Buraco negro, o maior mistério do cosmos?

Nada escapa à sua gravidade - seja uma estrela ou um foguete espacial.


Primeira imagem de buraco negro, na Constelação de Virgem | Imagem: Event Horizon Telecospe collaboration et al.

Um buraco negro é uma região do espaço com uma gravidade tão radical que engole tudo - nenhuma matéria ou luz consegue fugir.


Não se sabe o que acontece com a matéria absorvida por um buraco negro - pode ser uma estrela ou um foguete espacial - ela simplesmente desaparece do nosso universo.


Esse abismo cósmico desafia a imaginação da humanidade há muito tempo com seus mistérios.


Com massa extremamente densa, o buraco negro é muito pequeno na escala da astronomia. Não existe um único telescópio no mundo poderoso o suficiente para ver sua imagem no espaço.


A primeira foto de um buraco negro só foi feita em 2019, e envolveu oito observatórios espalhados pelo globo. Eles trabalharam como um gigantesco telescópio virtual, no projeto Event Horizon Telescope.


Buracos negros supermassivos, como o da primeira imagem do Event HorizonTelescope, foram previstos pela teoria da relatividade de Albert Einstein, e podem ter massas equivalentes a bilhões de sóis.


No centro da Via Láctea, onde está o sistema solar, há o buraco negro massivo Sagittarius A, quatro milhões de vezes mais massivo que o nosso sol.


#AlbertEinstein #BuracoNegro #Espaço #TeoriadaRelatividade #ViaLáctea