• Sandra Carvalho

Câmeras digitais: em 10 anos, o auge e a agonia

Os celulares praticamente mataram esse mercado de 2010 para cá.


Câmera digital Sony: o encolhimento pega todas as marcas | Foto: cc0 Samantha Sophia/Unsplash

Quem pensa hoje em dia em comprar uma câmera digital? E ainda mais bem simples, com lentes built-in, que podem levar uma surra dos melhores celulares em qualidade de fotografia?


Cada vez menos gente, é claro. Em 2019, foram vendidas apenas 6,8 milhões de câmeras digitais com lentes built-in, e 8,5 milhões com lentes intercambiáveis.


Os dados são da CIPA, a associação dos maiores fabricantes de câmeras, como Canon, Fujifilm, Nikon, Panasonic, Ricoh, Seiko e Sony.


No total, foram mirrados 15,2 milhões de câmeras digitais, oito vezes menos do que se vendia no ápice das câmeras digitais, em 2010.


Detalhe: em 2019 foram vendidos 1,4 bilhão de celulares, de acordo com os dados da Canalys.



#CâmerasDigitais #Celulares #CIPA #Consumo #Vendas