• Sandra Carvalho

Cães se derretem por sorrisos sob efeito de oxitocina

O hormônio do amor faz que deixem em segundo plano rostos com expressões de raiva.


Cachorro: o hormônio faz rostos bravos parecerem menos ameaçadores  | Foto: cc0 Pixabay

O hormônio do amor tem um efeito poderoso sobre os cachorros. Com uma dose extra de oxitocina, eles passam a se interessar mais por rostos humanos sorridentes.


Estimulados com o hormônio, os cães deixam em segundo plano o que normalmente os atrairia mais: rostos com expressões de raiva. O estudo foi publicado no jornal Frontiers in Psychology no dia 17 de outubro.


O impacto da oxitocina nos cachorros foi estudado por cientistas da Universidade de Helsinki (UH) , na Finlândia, e do Instituto de Neurociência Cognitiva e Psicologia de Budapeste, na Hungria.


Os cientistas avaliaram o olhar de 43 cachorros e mediram suas pupilas enquanto os animais olhavam fotos de pessoas sorridentes e bravas, com e sem oxitocina.


Sem o hormónio extra, eles se fixavam mais em rostos com expressões de raiva, vistos como ameaça potencial. Mas, com a oxitocina, se fixavam nas faces sorridentes.


Segundo a pesquisa, esse comportamento indica que o hormônio faz os rostos bravos parecerem menos ameaçadores, e os rostos sorridentes parecerem mais atraentes.


#Cachorros #Hormônios #Oxitocina #Sorrisos #Raiva #UH