• Sandra Carvalho

Cafeína ajuda resolver problemas, mas não aumenta criatividade

Um estudo da Universidade do Arkansas sugere que a cafeína não torna ninguém inventivo.


Café: mais foco | Foto: cc0 Bruno Cervera/Unsplash

As qualidades da cafeína são super conhecidas - deixa as pessoas mais alertas e vigilantes, estimula o foco, melhora a performance motora. Mas ajudar na criatividade, não ajuda.


Pelo menos é o que mostra um estudo da Universidade do Arkansas (UA), que testou 80 voluntários. Eles tomaram uma pílula de 200 mg de cafeína, o equivalente a uma xícara forte de café, para fazer o teste.


"A pílula de 200 mg realçou a capacidade de resolver problemas de forma significativa, mas não teve efeito sobre pensamento criativo", comentou a psicóloga Darya Zabelina, a pesquisadora que liderou o estudo.


Se não melhorou a criatividade das pessoas testadas, a cafeína tampouco atrapalhou. O café está liberado!


A memória de trabalho também não foi afetada nem para bem nem para mal. Mas, além de ajudar na solução de problemas, a cafeína tornou as pessoas menos tristes na hora do teste.


O estudo foi publicado no jornal Consciousness and Cognition.


Veja mais: Café, um superalimento para viver mais?


#Café #Cafeína #Psicologia #UA