• Sandra Carvalho

Moto voadora? O Kitty Hawk chega em fevereiro

Essa aeronave ultraleve foi feita para voar sobre lagos e rios.


Kitty Hawk em ação: sobre águas | Foto: : reprodução Robb Report/YouTube

Hoje, o Kitty Hawk parece com uma moto que voa sobre águas. Na estreia, marcada para fevereiro, com o design já perfeitamente definido, talvez tenha aparência um pouco diferente.


O nome oficial é Flyer Kitty Hawk, um veículo que não poderia ter origem mais nobre. A empresa foi criada por um dos pais do carro autônomo, o alemão-americano Sebastian Thrun, professor de Stanford, cofundador do Google X e da startup Udacity.


Larry Page, cofundador do Google, é o investidor mais conhecido da Kitty Hawk Corporation. A empresa define como sua missão transformar em realidade o sonho do voo pessoal. Fica em Mountain View, na Califórnia.


O flyer é tecnicamente uma aeronave ultraleve, que dispensa licença de piloto para voar. É feita para uso sobre lagos e rios em áreas não congestionadas.


O protótipo foi revelado ao mundo em abril deste ano, e o lançamento deve acontecer em fevereiro do ano que vem.


Segundo a Kitty Hawk, dá para aprender a dirigir o flyer em minutos, por causa de seus controles simples. A máquina é movida por motor elétrico, e levanta voo e aterrissa verticalmente, como os helicópteros.


"Daqui a três anos os carros voadores serão super quentes, e podem ter um efeito disruptor sobre os carros autônomos", disse Thrun, em declaração reproduzida pelo Business Insider.


"Não consigo imaginar um futuro de autoestradas e ficar engarrafado no meio de carros", Thrun comentou na conferência TechCrunch Disrupt SF 2017. "Vejo um futuro onde você entra em alguma coisa, sobe ao ar e voa numa linha direta."


Nesse vídeo de 2:11 hospedado no YouTube, você pode ver um o Kitty Hawk voando e ouvir a opinião das pessoas que fazem parte da equipe de testes do flyer, além do próprio Thrun.



#Aeronaves #Califórnia #Startups #Veículos