• Sandra Carvalho

Celular com visual de flagship, mas preço camarada? A LG já tem.

O Q6 tem bordas mínimas e preço econômico, seguindo no visual o topo do mercado.


Q6: mesmo visual, mas não os recursos dos celulares mais caros | Foto: reprodução site LG

As telas quase sem bordas que dominam os celulares mais sofisticados e mais caros já deixaram de ser exclusividade deles, como era previsível.


O design do Galaxy S8 e do Note 8, da Samsung; do iPhone X, da Apple; do G6 e V30, da LG; do Mi Mix e Mi Mix2, da Xiaomi, e do Essencial, da startup Essencial, compartilham uma característica comum: telas com bordas mínimas.


É o que a Samsung chama de tela infinita, a LG de tela expandida, a Xiaomi de full display...

Outra característica desses telefones são os preços altos - se esses celulares são os flagships do mercado, naturalmente vão custar mais caro.


Uma leva de celulares quase sem borda muito mais econômicos vai invadir o mercado mais cedo ou mais tarde. Entre as marcas fortes, a LG chegou no Brasil antes, com o Q6 e o Q6+.


O visual, para quem faz questão de um visual de flagship super atual, é perfeito. O preço é camarada - por 1143 reais dá para levar um Q6 para casa.


Os dois são praticamente o mesmo modelo, variando apenas na memória interna (32 GB e 64 GB) e RAM (3 GB e 4 GB), com as opções reforçadas concentradas no Q6+.


Você leva o visual, mas não os recursos dos celulares flagship, é claro. O Q6 é um celular intermediário, como qualquer outro nessa faixa.


Com processador Octacore 1.4 Ghz, câmera de 13 MP e tela de 5,5 polegadas, seu grande atrativo é realmente o design quase sem bordas.


#Celulares #LG