• Sandra Carvalho

Cemitérios cheios e ruas vazias: a Itália sob o coronavírus

As mortes chegaram a 627 em 24 horas, recorde mundial da pandemia.


Foto: cc Comune di Venezia/Fotos Públicas

As ruas de Veneza estão desertas, como as de muitas cidades da Itália, especialmente no Norte, a região mais abatida pela pandemia do novo coronavírus. Sobrou apenas uma pomba ao lado do Palazzo Ducale, onde costumava haver multidões. O país bate recorde atrás de recorde de novos casos de Covid-19 e, pior, de mortos, com os números mais dramáticos da pandemia em todo o mundo. Em 24 horas, se perderam 627 vidas pela infecção no país, mais do que o dobro das mortes registradas no pior dia da pandemia na China. No total, a Itália acumula mais de 47 mil casos da doença e mais de 4 mil mortos.


#Cidades #Coronavírus #Epidemias #Infeccões #Itália #Veneza