• Sandra Carvalho

Coiotes adoram lixo (mas não dispensam frutas nem gatos)

Os animais que vivem nas cidades mudam inteiramente sua dieta.


Coiote urbano nos Estados Unidos | Foto: cc0 Connar L'Ecuyer/NPS/Wikimedia Commons

Coiotes urbanos devoram o que encontram pela frente. Isso pode significar uma grande quantidade de restos de comida humana dos lixos - até 38%.


A estimativa é de cientistas da Universidade Estadual da Califórnia em Northridge (CSUN), que estudaram a dieta dos coiotes (Canis latrans) da área de Los Angeles.


Mas isso não é tudo que os coiotes mandam ver. Eles também são fãs de frutas que caem das árvores. Carnívoros, atacam gatos domésticos (Felis catus) quando encontram um pela frente.


Para estudar a dieta dos coiotes urbanos, os pesquisadores examinaram seu cocô e seus bigodes (fios que tinham caído na rua ou de animais capturados pelo Serviço Nacional de Parques (NPS).


Eles deram bastante atenção ao isótopo carbono-13, como sinalizador de milho, muito presente na dieta americana, da espiga ao xarope de milho dos alimentos industrializados.


Pelo cocô, a quantidade de comida dos coiotes urbanos vinda do lixo é de 22%. A análise dos isótopos indicou que chega a 38%.


O estudo foi publicado no jornal PLOS ONE.


#AnimaisUrbanos #Coiotes #Cidades #Comida #CSUN #Lixo #LosAngeles