• Sandra Carvalho

Como o mundo vê as universidades brasileiras? É complicado

Elas se dão bem na América Latina, mas a reputação degringola fora da região.


FAU, na USP: a universidade é destaque na América Latina   | Foto: cc Fernando Stankuns/Wikimedia Commons

O Brasil domina a lista das melhores universidades da América Latina feita por The World University Rankings, um das mais bem feitas do mundo.


Unicamp e USP ficam nos dois primeiros lugares, e metade das universidades do ranking das 10 melhores é brasileira. Das 81 universidades listadas, 32 são daqui.


A Argentina, coitada, só entra com duas universidades. O México, com 13. O Chile, com 17. Em termos regionais, portanto, a reputação universitária vai muito bem, obrigada.


Confira neste gráfico.



Como o Brasil compete em escala global, e não só na América Latina, é preciso olhar mais longe, para os rankings mundiais. Aí a coisa dá uma boa degringolada.


No ranking mundial de 2016-2017 da mesma The World University Rankings, só uma única universidade brasileira entra entre as 300 melhores, a USP. Uma segunda entra entre as 500 melhores, a Unicamp.


O ranking compara 980 universidades ao redor do mundo. Todas as outras universidades brasileiras, fora USP e Unicamp, ficam em posições desconfortáveis, entre o 601º e 980º lugar.


Veja o gráfico.



The World University Rankings tem critérios substantivos - avalia o ensino, as pesquisas, as citações, considera a proporção entre professores e alunos e a proporção entre homens e mulheres.


Será que numa pesquisa com uma dose maior de subjetividade, as universidades brasileiras se sairiam melhor? Talvez não.


Uma terceira lista, também de The World University Rankings, mede a reputação das universidades entre acadêmicos. Acadêmicos reconhecidos citam as 15 universidades que consideram melhores em pesquisa e ensino, com base em suas próprias experiências.

Nesse ranking, que ordena 100 universidades, só uma brasileira entra: a USP.


Dê uma olhada no gráfico.



#Rankings #PUCRio #UFRJ #Unicamp #Unifesp #USP #Universidades