• Sandra Carvalho

Coronavírus escancara falta de liberdade de imprensa no mundo

O Índice de Liberdade de Imprensa de 2020 expõe limitações da China aos EUA.


Banca de jornal em Macau | Foto: cc0 Macau Photo Agency/Unsplash

Não é qualquer país que pode se gabar de ter liberdade de imprensa completa. Nas contas da organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF, na sigla em francês), apenas 10 países podem dizer que não cometem qualquer abuso nesse sentido.


A começar por Noruega, Finlândia e Dinamarca, os três mais bem colocados no Índice de Liberdade de Imprensa de 2020 montado pela organização.


O topo do ranking não é restrito apenas a europeus. Entre os 10 países do topo, aparecem também Jamaica, Costa Rica e Nova Zelândia.


A pandemia do novo coronavírus foi um dos principais motivos de abuso da liberdade de imprensa desde o fim do ano passado. China e Irã censuram exaustivamente a cobertura da Covid-19, segundo acusa a RSF.


Aliás, junto com a Arábia Saudita e o Egito, a China compõe o trio de países que mais prende jornalistas no mundo, pelos dados da organização.


O Iraque tambem tropeçou feio no Índice de Liberdade de Imprensa de 2020, por cassar provisoriamente a licença da agência de notícias Reuters, apenas por questionar os números oficiais da doença.


Na Europa, a Hungria também fez papelão: promulgou uma lei do coronavírus, punindo com até 5 anos de prisão quem passasse "informação falsa".


Ao analisar as Américas, a RSF aponta o dedo especialmente para os Estados Unidos e o Brasil. Os dois países, afirma, se tornaram modelos de hostilidade em relação à mídia. Ambos têm em comum presidentes que batem na imprensa um dia sim e o outro também.


Mas nenhum país se compara aos piores entre os piores em liberdade de imprensa, Coreia do Norte, Turcomenistão e Eritreia. Eles são os lanterninhas do ranking da RSF. São países de tarja preta, a categoria com menos liberdade do índice, que abrange 23 nomes no total.

Confira o status da liberdade de imprensa no mapa da RSF para 2020:



Veja mais: O trabalho liberta? Slogan nazista ressuscita volta e meia


#Brasil #EUA #China #CoreiadoNorte #LiberdadedeImprensa #Mídia #Política #RSF #Rankings