• Sandra Carvalho

Correio do futuro decola na Suíça, com rede de drones

Os drones vão se encarregar do transporte de amostras de exames médicos nas cidades.

Correio suíço: exames médios transportados por drones | Foto: Swiss Post? Matternet

Uma rede de drones da Califórnia, da startup Matternet, vai levar amostras de exames médicos entre os hospitais, clínicas e laboratórios da Suíça.


É uma iniciativa do correio suíço, o Swiss Post, que está testando essas entregas há vários meses em Lugano, com os hospitais do grupo EOC, do cantão de Ticino. Confira na foto de cima.


O leva-e-traz de itens de medicina não é novidade em lugares remotos. Em Ruanda, por exemplo, drones levam sangue para transfusões para áreas distantes.


Mas drones circulando em cidades, em áreas de alta densidade de população, com uma rede permanente, já é outra história.


Segundo o site The Verge, a rede da Matternet na Suíça vai começar a funcionar já no mês que vem, com seus drones M2.


A Matternet, baseada em Menlo Park, no Vale do Silício, divulgou hoje uma estação para edifícios, onde as remessas podem ser despachadas e recebidas através do M2.


A estação, de dois metros quadrados, troca a bateria do drone e tem um sistema automático para evitar conflitos aéreos.


"Uma rede Matternet pode entregar itens médicos em qualquer hospital em 30 minutos", disse o CEO da startup, Andreas Raptopoulos, em um comunicado da empresa.


Este vídeo de 1:25, hospedado no Vimeo, dá uma ideia geral de como a coisa funciona.




#Correio #Delivery #Drones #Startups #Suíça