• Sandra Carvalho

Covid-19: Brasil em último lugar em ranking de eficiência

O instituto australiano Lowy analisou a performance de 98 países.


Transferência de paciente de Porto Velho para Porto Alegre devido ao colapso hospitalar de Rondônia | Foto: cc Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O Brasil foi o 98º colocado num ranking de performance em Covid-19 que analisou 98 países. A comparação foi feita pelo Instituto Lowy, da Austrália. O primeiro lugar da lista ficou com a Nova Zelândia.


Numa pontuação que foi de zero a 100, o Brasil ficou com 4,3 pontos. A nova Zelândia, com 94,4. Entre os vizinhos brasileiros avaliados, o Uruguai conseguiu 75,8 pontos e o Paraguai, 40,9. A Argentina não foi incluída no ranking.


A comparação considerou em cada país o número de casos confirmados e de mortes a cada milhão de pessoas, de testes a cada mil pessoas e a proporção entre casos confirmados e testes.


A China ficou fora da lista por falta de dados públicos disponíveis.


O Instituto Lowy é um think tank de Sydney de inclinação conservadora. Veja quais foram os 5 melhores e os 5 piores países do seu Covid Performance Index:


Os melhores


1 🇳🇿 Nova Zelândia: 94,4

2 🇻🇳 Vietnã: 90,8

3 🇹🇼 Taiwan: 86,4

4 🇹🇭 Tailândia: 84,2

5 🇨🇾 Chipre: 83,3


Os piores


98 🇧🇷 Brasil: 4,3

97 🇲🇽 México: 6,5

96 🇨🇴 Colômbia: 7,7

95 🇮🇷 Irã: 15,9

94 🇺🇸 Estados Unidos: 17,3


Veja mais: A corrida mundial contra a Covid-19 em números


#NovaZelândia #Vietnã #Taiwan