• Sandra Carvalho

Dubrovnik cansou das multidões de turistas rápidos, atraídos por Game of Thrones

A cidade vai impor um limite às excursões vapt vupt de ônibus e cruzeiros.


Muros medievais de Dubrovnik: tudo tem limite, inclusive o turismo | Foto: cc0 Pixabay

Da mesma forma que há fast food, há turismo rápido. Em Dubrovnik, na Croácia, os turistas rápidos chegam nos cruzeiros ou nos ônibus de excursões diárias, ficam algumas horas na cidade e somem, gastando pouco e deixando filas quilométricas atrás.


Em 2016, os cruzeiros despejaram quase 800 mil turistas na cidade, muitos deles interessados em conhecer os locais das filmagens de Game of Thrones.


O novo prefeito de Dubrovnik, Mato Frankovic, que trabalhou a vida inteira com turismo, já avisou que vai impor um teto de 4000 visitantes por dia na área dos magníficos muros medievais. Os muros são a principal atração da cidade.


A Unesco tinha sugerido um teto de 8000 turistas por dia, para evitar que a cidade velha seja danificada. Aparentemente, o prefeito quer mais do que proteger a herança cultural - quer também fazer da cidade um centro de turismo mais sofisticado e mais próspero.


Frankovic também vai limitar o número de navios de cruzeiros e de ônibus de excursões diárias para partir do ano que vem.


O turismo de massa tem tido um efeito colateral negativo importante para Dubrovnik: está expulsando os moradores da cidade do centro, com seu barulho e as multidões.


O temor da população de Dubrovnik é que a cidade siga os passos de Veneza, onde tudo gira em torno do turismo, tudo é comércio e quase ninguém mora.


Como Dubrovnik é cenário importante de Game of Thrones, o interesse pela cidade tem crescido muito nos últimos anos.


#Cidades #Croácia #Dubrovnik #Overturismo #Turismo #Viagens