• Sandra Carvalho

Está provado: estresse deixa o cabelo branco

Cientistas da USP e de Harvard mostraram como os fios se tornam grisalhos.


Fios branco em rosto jovem: despigmentação | Foto: cc0 Samuel Castro/Unsplash

Os cabelos brancos, que surgem naturalmente por volta dos 30 anos de idade, podem se multiplicar rapidamente em situações de estresse agudo.


Há exemplos bem conhecidos na história. O mais recente, o do presidente Barack Obama, que entrou na Casa Branca com os cabelos pretos e saiu bem grisalho.


O exemplo mais antigo tem toques de lenda urbana: os cabelos da rainha Maria Antonieta teriam se tornado brancos de uma hora para outra quando ela esperava a guilhotina, durante a Revolução Francesa.


Pesquisadores da USP e de Harvard comprovaram em laboratório como o estresse deixa os cabelos brancos.


Um grupo estava fazendo outra pesquisa na Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto e aplicou a camundongos de pelos pretos a substância resiniferatoxina para dar uma sensação de dor intensa. Quatro semanas depois, os ratos estavam com o pelo branco.


Em Harvard, pesquisadores também comprovaram por acidente o embranquecimento dos fios pelo estresse. Juntos, pesquisadores da USP e de Harvard mergulharam a fundo nesse processo. Seu estudo foi publicado na revista Nature.


Segundo a pesquisa, o embranquecimento dos fios acontece pela ação do sistema nervoso simpático, que atinge cada folículo de cabelo, e leva células-tronco a esgotar prematuramente as reservas de pigmento que colorem os cabelos.


#Cabelos #CélulasTronco #Estresse #Harvard #USP