• Sandra Carvalho

Expedição 61 da ISS: recorde das mulheres no espaço

A astronauta Christina Koch ficou 328 dias na ISS, trabalhando em três expedições seguidas.


Foto: cc Bill Ingall/NASA

A nave espacial Soyus M-13 desceu hoje nas estepes cobertas de neve perto de Dzhezkazgan, uma cidade remota do Cazaquistão, com três astronautas, encerrando a expedição 61 da ISS, a International Space Station. O italiano Luca Parmitano, o russo Alexander Skvortsov e a americana Christina Koch chegaram aparentemente bem de saúde.


Foto: cc Bill Ingall/NASA

A Soyus tocou o chão numa velocidade de 1,5 metro por segundo. Os paraquedas foram essenciais para manter a estabilidade da nave nos minutos finais do voo. A partida da Soyus marcou o fim da expedição 61 e o início da 62 da ISS.


Foto: cc Bill Ingall/NASA

A astronauta Christina Koch, da NASA, saiu da nave como recordista - ficou no espaço por 328 dias, no voo espacial feminino mais longo da história. Ela circulou a Terra 5.248 vezes, acumulando 139 milhões de milhas - como se tivesse ido e voltado da Lua 291 vezes, durante as expedições 59, 60 e 61.


#Aeronaves #Astronautas #Cazaquistão #Espaço #ISS #Mulheres #NASA