• Sandra Carvalho

É preciso ter traço de psicopata para arrasar no mercado financeiro?

Nada disso. Pessoas equilibradas produzem resultados melhores.


Imagem: cc0 Pixabay

Pelo menos é o que dizem pesquisadores das universidades de Denver (DU) e da Califórnia (UC) em Berkeley, nos Estados Unidos. Eles questionam o mito de que traços de personalidade típicos de psicopatas levam ao sucesso num mercado competititivo como o financeiro.


Os psicólogos Leanne ten Brinke, de Denver, e Dacher Keltner, de Berkeley, estudaram 101 gerentes de fundos de hedge e observaram em particular características de psicopatia, machiavelismo e narcisismo, a chamada Tríade Negra da personalidade.


Eles trabalharam junto com Aimee Kish, da consultoria de investimentos TEAMco, de San Francisco, onde Leanne também atua.


Os gerentes com as maiores tendências psicopatas, constataram, produzem resultados piores do que os de seus colegas mais equilibrados. Eles examinaram os resultados financeiros obtidos de 2005 a 2015.


A diferença é de apenas 1%, mas com grandes grandes quantias e longo prazo isso pode fazer diferença.


"Devemos repensar nossas suposições que valorizam a crueldade e a insensibilidade nos gerentes de investimento", observou Leanne num comunicado da Sociedade de Psicologia Social e Personalidade.


"Não só esses traços de personalidade não melhoram o desempenho como podem prejudicá-lo", complementou.


Segundo o estudo, os mais narcisistas, por sua vez, produzem os mesmos resultados, mas correndo riscos muito maiores.


O estudo foi publicado no dia 19 no Personality and Social Psycology Bulletin. O título da pesquisa é bem incisivo: Gerentes de Fundos Hedge com Tendências Psicopatas são Piores Investidores.


#Dinheiro #DU #MercadoFinanceiro #Psicologia #UCBerkeley