• Sandra Carvalho

GM se rende aos carros elétricos com 20 modelos até 2023

A guinada acontece depois que a China começou a exigir carros menos poluidores.


Bolt EV: foco até agora | Foto: General Motors

A General Motors, maior fabricante americana de carros, decidiu aderir aos carros elétricos, ampliando radicalmente sua oferta nesse mercado.


Até agora, os esforços da GM nessa área se concentram no Bolt EV, lançado no ano passado. Com autonomia de 383 quilômetros, o carro tem preços a partir de 37 mil dólares.


Vendeu por enquanto 12 mil unidades, basicamente na Califórnia, segundo a Bloomberg. O estado é duro nas exigências de veículos com baixas emissões.


Nos próximos 18 meses, a GM pretende lançar dois modelos elétricos nos Estados Unidos, os primeiros de 20 opções que devem chegar às ruas até 2023.


"A GM acredita em um futuro totalmente elétrico", afirmou Mark Reuss, um dos vice-presidentes da companhia, em comunicado da empresa.


Um dos fatores que devem ter influenciado a GM a mudar de rota é o fato de a China, um de seus maiores mercados, estar se preparando para exigir carros que poluam menos o ar já a partir de 2019.


Além dos modelos a bateria, a GM está desenvolvendo um caminhão que vai usar um novo sistema de células de combustível de hidrogênio.


#Carros #CarrosElétricos #China #Empresas #GM #PoluiçãoDoAr #Sustentabilidade