• Sandra Carvalho

Hong Kong distribui supermáscaras para todo mundo

Com seis camadas protetoras, as máscaras podem ser lavadas até 60 vezes.


As seis camadas da CuMask+ | Imagem: reprodução de vídeo do Governo de Hong Kong

Com exceção dos bebês, todo mundo que tem uma carteira de identidade de Hong Kong pode ganhar do governo a partir de hoje uma supermáscara grátis. Basta pedir pela internet. A entrega será feita pelos correios em até duas semanas.


A máscara, chamada de CuMask+, tem seis camadas, duas delas com cobre, para barrar bactérias e vírus e bloquear partículas de vários tipos. Pode ser lavada com água fria e sabão até 60 vezes, sem perder suas propriedades. Dispensa desinfetantes e ser passada a ferro.


A CuMask+ já tinha sido desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa de Têxteis e Vestuário de Hong Kong (HKRITA) antes da emergência do novo coronavírus, mas é eficaz contra ele e está sendo distribuída numa ação de combate à pandemia.


Segundo o governo de Hong Kong, a máscara segue padrões americanos de máscaras cirúrgicas ASTM F2100, que são bem rigorosos.


Uma vantagem adicional da CuMask+: ao ser reutilizada por até 60 vezes, é uma solução mais sustentável que as máscaras descartáveis, que já se tornaram um problema enorme de descarte com a pandemia de coronavírus.


A máscara em tutorial: fácil de usar e manter | Imagem: reprodução de vídeo do Governo de Hong Kong

Veja mais: Novo desinfetante de Hong Kong promete proteger de coronavírus por 90 dias


#Coronavírus #Epidemias #HongKong #Máscaras #Sustentabilidade