• Sandra Carvalho

Hygge, o segredo da felicidade?

O aconchego, conforto e bem-estar emocional das coisas simples funciona na Dinamarca.


Café quente, meias grossas de lã e um bom livro num dia de inverno: isto é hygge | Foto: cc0 Alex Geerts/Unplash

Hygge é uma criação dinamarquesa, aparentemente intraduzível numa palavra só. Cozinhar com os amigos em casa, botar as pernas para o ar na frente de uma lareira, beber uma taça de vinho com canela à luz de velas no cair da noite - tudo isso é hygge.


Hygge mistura ambientes aconchegantes e confortáveis, a sensação de segurança e bem-estar, a convivência com a família e os amigos e também momentos de sossego a sós.

Tudo muito com a cara do do frio e do inverno da Dinamarca, que não são para amadores e convidam a atividades dentro de casa.


Hygge já foi definido como a arte de criar intimidade, uma maneira de ser generoso consigo próprio e com os outros e aproveitar a vida.


Os dinamarqueses devem saber o que estão fazendo ao se apegar tanto ao hygge. Ano após ano, eles saem na frente nos diversos rankings globais de felicidade.


Num dos mais mais sérios, assinado pelo economista Jeffrey Sachs, a Dinamarca está em segundo lugar para o período 2016-2018, perdendo só para a Finlândia.


Não deve atrapalhar a Dinamarca ter educação de altíssimo nível e serviços de saúde de primeira, junto com uma rede de proteção social sólida ( os dinamarqueses pagam os impostos mais altos do mundo para ter tudo isso).


#Família #Dinamarca #Felicidade #Impostos