• Sandra Carvalho

Viu o Ambopteryx, dinossauro que lutava para voar?

Com asas de morcego e tamanho de pássaro, ele viveu há 160 milhões de anos.


Um Ambopteryx planando | Ilustração: Gabriel Ugueto/Cell Press

O dinossauro Ambopteryx viveu na China, no período Jurássico, 160 milhões de anos atrás. Conviveu com outro animal muito parecido com ele, o Yi. Os dois eram dinossauros incomuns do grupo dos terópodes, que deu origem aos pássaros.


Ao contrário dos outros terópodes, que eram carnívoros e viviam em terra, o Ambopteryx e o Yi preferiam viver nas árvores e sobreviviam devorando insetos, sementes e plantas variadas.


Com asas de morcego, os dois lutavam para voar, conseguindo apenas deslizar desajeitadamente entre as árvores.


Com menos de um quilo, eles surgiram e desapareceram em alguns milhões de anos, incapazes de sobreviver à concorrência de outros dinossauros que também viviam em árvores e dos primeiros pássaros.


A descrição do modo de vida do Ambopteryx e do Yi está num estudo de cientistas da universidade americana Mount Marty, da Dakota do Sul, e das universidades de Hong Kong (HKU) e de Linyi (LYU) , em Shandong, na China.


Suas explicações vão ao encontro da teoria de que os dinossauros evoluíram voando de diferentes maneiras antes de os pássaros modernos surgirem.


O estudo foi publicado no jornal iScience e divulgado pela Cell Press.


Segundo os pesquisadores, o Ambopteryx e o Yi tiveram de enfrentar predatores no ar e no solo e foram prejudicados pela limitação de seus voos, diante da eficiência dos primeiros pássaros no ar.


"Eles não conseguiam voar vigorosamente", disse Thomas Dececchi, professor de Biologia da Mount Marty. "Podiam planar, mas nem isso era grande coisa."


Para explicar o voo do Ambopteryx e do Yi, os cientistas escanearam fósseis com fluorescência induzida por laser (LSF, na sigla em inglês), que capta detalhes de tecidos moles.


Depois, usaram modelos matemáticos para definir como esses dinossauros poderiam ter voado.


"Uma vez que eles foram colocados sob pressão, simplesmente perderam seu espaço", observou Dececchi. "Eles não podiam vencer em terra. Eles não podiam vencer no ar. Eles estavam acabados."


Veja mais: Espinossauro era monstro dos rios, há 100 milhões de anos


#Dinossauros #Paleontologia #MountMarty #HKU #ModelosMatemáticos #CAS #AnimaisExtintos