• Sandra Carvalho

Larry Tesler, criador de cortar, copiar e colar (1945 - 2020)

Tesler foi um dos pioneiros da interface entre o homem e o computador.


Tesler: tradutor dos comandos dos homens para os computadores | Foto: cc Blog do Yahoo/Wikimedia Commons

O cientista da computação Larry Tesler foi um dos arquitetos dos computadores mais amigáveis.


Trabalhando no lendário laboratório da Xerox Palo Alto Research Center, na Califórnia, ele criou funções que todo mundo conhece e usa: cortar, copiar, colar, localizar e substituir.


Americano do Bronx, Nova York, ele morreu aos 74 anos em sua casa em Portola Valley, em San Mateo, na Califórnia, onde passou boa parte de sua vida. Ele já vivia no estado desde a época da faculdade - cursou Matemática em Stanford.


Tesler criou não apenas comandos básicos da computação, mas também formulou o conceito de "amigável ao usuário", ainda no Xerox Palo Alto Research Center. Sua fidelidade à facilidade de uso marcou toda sua carreira.


Tester trabalhou na Apple, onde passou 17 anos, na época em que os computadores saíram das salas de técnicos de jaqueta branca para os escritórios e casas de pessoas comuns.


Ele ajudou a desenvolver o computador Lisa, precursor do Macintosh, e o Newton, antecessor do iPad. Uma de suas inovações dessa época é a barra de rolagem do computador.


"Eu fui erroneamente identificado com o pai da interface gráfica do Macintosh", Tesler afirmou no currículo que mantinha em seu site. "Não fui. Mas um teste de paternidade poderia me expor como um de seus muitos avós."


#Apple #Califórnia #Computadores #Inventores #Matemática #Stanford #Xerox