• Sandra Carvalho

Lua cheia aumenta risco de acidente e morte com motos

Isso não é superstição, segundo cientistas de Princeton e UofT.


Motos: a lua é uma distração natural | Foto: cc0/Joshua Reddekopp/Unsplash

A lua cheia, que acontece ao redor de 12 vezes por ano, tem algum impacto nos acidentes de motocicletas? Pelo que mostram dados de 40 anos de acidentes com motos nos Estados Unidos, não há dúvida.

Donald Redelmeir, professor de Medicina da Universidade de Toronto (UofT) , no Canadá, e Eldar Shafir, psicólogo da Universidade Princeton, nos Estados Unidos, mergulharam nos acidentes com motos e concluíram: é preciso tomar um cuidado especial nas noites de lua cheia.


O estudo sobre os acidentes foi publicado ontem no British Medical Journal (BMJ).

Eles avaliaram 13.029 mortes em acidentes de moto nos Estados Unidos entre 1975 e 2014. A vítima típica desses acidentes, constataram, era homem, de idade média de 32 anos, sem capacete, com uma batida frontal na cabeça.


Ilusões óticas

Nas 494 noites com lua cheia nos 40 anos estudados, houve 4494 acidentes fatais. Em outras 988 noites, foram 8535. Isso quer dizer que houve 5% a mais de acidentes em noites de lua cheia.

Por quê? Segundo Redelmeir e Shafir, a lua cheia, por ser espetacular e pouco frequente, proporciona uma distração natural. Cria um contraste de iluminação no céu e pode aparecer abruptamente para o motociclista, depois de escondida por prédios, árvores ou colinas.

Além disso, a lua cheia cria ilusões óticas surpreendentes, chamando a atenção, e aparece acima do horizonte exatamente nas horas em que os acidentes de moto já tendem a acontecer mais. A própria ocorrência da lua cheia já pode levar mais gente para a rua, para admirar a paisagem.

#Acidentes #AcidentesdeTrânsito #Lua #Motos #Princeton #Veículos #UofT