• Sandra Carvalho

Mães são mais esquecidas e desatentas? Hã?

Um novo estudo da Universidade Purdue repensa o impacto da maternidade no cérebro.


Mãee bebê: atenção garantida | Foto: cc0 Wesley Tingey

Quem tem um bebê fica mais esquecida e menos atenta para sempre, com "cabeça de mãe"?


Essa velha percepção sofreu um golpe com um novo estudo da Universidade Purdue, de Indiana, sobre os efeitos da maternidade sobre a atenção, a memória e os processos psicológicos das mães.


O estudo é conclusivo: as mães têm um desempenho tão bom ou ainda melhor que outras mulheres que nunca engravidaram ou tiveram filhos.


Segundo a pesquisa, nas mães a rede de controle executivo do cérebro, que ajuda a resolver informações conflitantes, é inclusive superior.


Estudos anteriores, baseados em testes de atenção e memória feitos logo depois do parto, apontaram limitações na performance das mães, ainda sob impacto da reviravolta de hormônios e da privação de sono.


O estudo da Purdue recrutou mães após pelo menos um ano do parto, para destrinchar os efeitos a longo prazo da maternidade. Foram testadas 60 mães e 70 mulheres que não eram mães. O estudo foi publicado no jornal Current Pschology.


Veja mais: Startup cria algoritmo para validar orgasmo feminino, e vira piada


#Maternidade #Mulheres #Psicologia #Purdue #Sono