• Sandra Carvalho

Mais de 3 cafés por dia? Não para quem tem pressão alta

A dica é de cientistas da USP para quem sofre com hipertensão.


 Café: em doses moderadas, liberado para todo mundo   |  cc0 Nathan Dumlao/Unsplash

Nos últimos anos, o café só tem recebido sinal verde dos cientistas. Na contracorrente, veio um alerta da Universidade de São Paulo (USP) : café demais aumenta a pressão arterial das pessoas predispostas a ter hipertensão. Resultado: um risco maior de AVC e doenças do coração.

O problema não é o café em si, mas o exagero. Por causa da cafeína, mais de três xícaras por dia têm um efeito negativo em quem já tem tendência a ter pressão alta por uma questão de genética.


"Como a maior parte da população não tem ideia se é ou não predisposta a desenvolver hipertensão - para isso seria necessário sequenciar e analisar o genoma - o ideal é que todos façam um consumo moderado de café", observou a pesquisadora Andreia Machado Miranda, da Faculdade de Saúde Pública da USP.

Em doses moderadas não há contraindicação. Ao contrário: o café inclusive ajuda o coração, ao prevenir a calcificação da artéria coronária graças a ação de seus polifenóis.

O estudo de Miranda foi publicado em Clinical Nutrition.

#AVC #Café #Coração #DoençasdoCoração #USP