• Sandra Carvalho

Medo de ficar velho? Cogumelos ajudam a adiar esse dia

Para combater o envelhecimento, o cogumelo porcini é especialmente efetivo.


O cogumelo italiano porcini é o melhor em antioxidantes   |  Foto: cc0 Pixabay

Pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, a Penn State, puseram os cogumelos entre as armas mais poderosas que existem contra o envelhecimento.


A razão é simples: eles têm uma quantidade enorme de dois antioxidantes de respeito: ergotioneína e glutationa. São a melhor fonte no prato para conseguir esses dois antioxidantes juntos.


Nem todos os cogumelos são iguais no poder de antienvelhecimento. O italiano porcini (foto de cima) é o número 1 desse ranking, segundo os pesquisadores da Penn State.


O abundante cogumelo de Paris (foto abaixo), está no fim da lista. Mas tem bem mais ergotioneína e glutationa que outros alimentos.


Cogumelo Paris: abundante e barato, mas menos nutritivo    | Foto: Patrick Mansell/Penn State

O estudo foi publicado no jornal Food Chemistry no dia 15 de outubro.


As qualidades dos cogumelos não se esgotam no combate ao envelhecimento. Eles também ajudam a preservar a saúde de doenças que aumentam com a idade, conforme a pesquisa.


"É preliminar, mas você pode ver que países que têm mais ergotioneína na dieta, como França e Itália, também têm menos doenças neurodegenerativas", observou Robert Beelman, professor de Ciência de Alimentos da Penn State.


"Enquanto isso, países como os Estados Unidos, com pequena quantidade de ergotioneína na dieta, têm maior probabilidade de doenças como Parkinson e Alzheimer", completou.


#Alzheimer #Alimentos #Antioxidantes #Envelhecimento #Parkinson #PennState