• Sandra Carvalho

Menor antena do mundo é feita de DNA

Trata-se de uma nano-antena criada para monitorar movimentos das proteínas.


Nano-antena
A nano-antena recebe luz numa cor e transmite de volta em outra, dependendo do movimento de proteína | Imagem: Caitlin Monney

A menor antena do mundo foi criada foi com blocos de DNA 20 mil vezes menores que um fio de cabelo. Objetivo da nano-antena: monitorar mudanças estruturais de proteínas ao longo do tempo.


O feito é de pesquisadores da Universidade de Montreal, do Canadá (#UdeM).


A nano-antena poderá ser muito útil em exames médicos de laboratório no futuro.


Um exemplo: com ela, os cientistas puderam detectar pela primeira vez e em tempo real o funcionamento da enzima fosfatase alcalina com várias moléculas e também com drogas. Essa enzima pode indicar a presença de doenças - de inflamações intestinais a diversos tipos de câncer.


A antena é fluorescente e funciona como um rádio biderecional, que pode receber e transmitir ondas de rádio, de acordo com a definição dos cientistas. Ela recebe luz em uma cor ou comprimento de onda e, dependendo do movimento que detecta, transmite a luz de volta em outra cor.


"Uma das principais vantagens de usar o DNA para projetar essas nano-antenas é que a química do DNA é relativamente simples e programável”, notou Scott Harroun, um dos desenvolvedores da nano-antena. O estudo foi publicado em Nature Methods. ✔︎


Veja mais: Músculos do rosto podem expor quem mente