• Sandra Carvalho

Muitos amigos no Facebook? Pode desconfiar

Amizades interesseiras proliferam no Facebook, diz cientistas alemães.


Coleção de amigos: pessoas instrumentalizadas | Imagem: Gerd Altmann/Pixabay

Saem os objeto sexuais, entram os objetos digitais. E quem são os objetos digitais? São amigos do Facebook que as pessoas materialistas colecionam por interesse.


Três cientistas da Universidade Ruhr em Bochum (RUB), na Alemanha, estudaram os efeitos do materialismo no Facebook. O retrato que eles pintaram dos materialistas na rede é duro.


A pesquisa foi publicada ontem no jornal Helyion, da Elsevier. O centro da tese dos cientistas alemães: a objetificação dos amigos no Facebook.


Segundo Phillip Ozimek, Fiona Baer e Jens Förster, os materialistas acumulam mais amigos no Facebook, usam a rede com mais frequência, se comparam mais aos outros e objetificam e instrumentalizam as pessoas.


Segundo o estudo, os materialistas usam o Facebook tanto para atingir suas metas quanto para se sentir bem. "Eles adquirem amigos no Facebook para aumentar suas posses", disse o psicólogo Ozimek, líder do estudo.


Os cientistas dizem não ter intenção de jogar uma luz negativa sobre o Facebook ou seu uso. "Plataformas de mídias sociais não são diferentes de outras atividades na vida", observou Ozimek. "O Facebook é como é uma faca: pode ser usada para preparar uma boa comida ou para ferir alguém."


#Amizade #Facebook #Psicologia #RedesSociais #RUB #UniversidadeRuhr