• Sandra Carvalho

Não é qualquer um que pode ser como Chaplin, e ter filho aos 73 anos

Homens com mais de 35 anos não são tão eficientes quanto os mais jovens na hora de produzir um bebê.


 Crédito da foto de Charles Chaplin no filme The Kid | Foto: cc0/Wikimedia Commons

Que a idade atrapalha a mulher na hora de engravidar, todo mundo sabe. Que os homens também, é algo que se começa a entender melhor agora.


O mito de que os homens podem gerar filhos sem problema em qualquer idade foi reforçado por celebridades que tiveram filhos bem tardiamente, como o gênio do cinema Charles Chaplin, o cantor de ópera Luciano Pavarotti e o pintor Pablo Picasso. Eles tiveram filhos depois dos 60 anos.


Mas não é bem assim. Um estudo de 19 mil ciclos de tratamento de fertilização in vitro, em Boston, nos Estados Unidos, mostrou que a idade afeta, sim, não só a mulher, mas o homem também, e homens relativamente jovens.


O estudo foi conduzido por Laura Dodge, do Centro Médico Beth Israel Deaconess e da Escola de Medicina de Harvard. Foram estudados 7.753 casais, com os 19 mil ciclos de tratamento.


Nos casais com mulheres na faixa dos 40-42 anos, a idade do parceiro não importa, segundo a pesquisa, pois o fator determinante é a idade da mulher. Quanto mais idade, mais chances de anormalidades nos cromossomos.


Nos casos de mulheres mais jovens, a idade do parceiro faz uma boa diferença. No estudo, considerados os bebês nascidos vivos, as taxas de nascimento aumentaram conforme a idade do parceiro diminuiu.


DNA e esperma


Um exemplo da pesquisa: em casais com mulheres com menos de 30 anos, parceiros dos 30 aos 35 garantiram uma taxa de nascimento de bebês de 73%. Com parceiros na faixa dos 40 aos 42, a taxa caiu a 46%.


A idade do parceiro se mostrou particularmente importante para mulheres na faixa dos 35-40 anos.


"Mulheres entre 35-40 anos se beneficiam significativamente de um parceiro masculino com menos de 30 anos", disse Laura Dodge num comunicado da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia.


De acordo com Laura Dodge, há um resultado cerca de 30% melhor em nascimentos nesses casos, comparando com parceiros entre 30-35 anos.


A idade dos homens afeta também concepções naturais, sem fertilização in vitro, conforme Laura Doge. À medida que a idade sobe, cai a incidência de gravidez, aumenta o tempo até se chegar a uma gravidez e aumenta também o risco de aborto natural.


Segundo ela, os mecanismos ainda não estão claros, mas podem incluir danos no DNA e alterações epigenéticas do esperma.


"Enquanto o efeito da idade da mulher na fertilidade é esmagadoramente devido ao aumento das taxas de anormalidade cromossômica, os mecanismos do efeito da idade dos homens na gravidez são mais sutis", disse.


#Bebês #DNA #Esperma #Harvard #Homens #Mulheres #ReproduçãoHumana