• Sandra Carvalho

Noites escuras são um luxo no século 21

Com poluição da luz, ver o céu estrelado é difícil. Admire 5 exemplos de como compensa.


Noite em Mostardas
Céu e seu reflexo em Mostardas, Rio Grande do Sul | Foto: Egon Filter/IDA

A organização Dark Sky (IDA) tem a missão valorizar os céus escuros e proteger o planeta, os bichos e as pessoas dos efeitos maléficos da poluição da luz. Este ano fez isso através de um concurso de fotos.


Entre 1.122 fotos de 66 países, o primeiro lugar ficou com o fotógrafo brasileiro Egon Filter, com uma imagem espetacular da noite em Mostardas, uma pequena cidade litorânea do Rio Grande do Sul.


Para a #IDA, a fotografia é uma ferramenta poderosa de defesa dos céus escuros e de uma iluminação mais amigável que a usada atualmente nas cidades. Veja outras imagens premiadas no concurso:


Noite na China
Mãe e filho em Jiangmen, Guangdong, China | Foto: Likai Lin/DarkSky
Lapônia sueca
A Via Láctea vista da Lapônia sueca | Foto: Stefano Astorri/DarkSky
Noite no Parque Nacional Joshua Tree
Parque Nacional Joshua Tree, na Califórnia, sem luzes artificiais | Foto: Daniel Galluppi/DarkSky
Cegonha à noite
Cegonha em seu ninho no vilarejo Detelina, perto da cidade de Varna, na Bulgária | Foto: Mihail Minkov/DarkSky

Veja mais: Céu escuro vira atração em parque da Nova Zelândia