• Sandra Carvalho

O animal mais comprido do mundo pode ser o sifonóforo!

Um sifonóforo de 47 metros foi descoberto nas profundezas do Índico, na costa da Austrália.


O sifonóforo observado do navio de pesquisas Falkor | Foto: Schmidt Ocean Institute

Quem já ouviu falar num sifonóforo? Até poucos dias atrás, um punhado de gente fora os estudiosos. Mas agora o sifonóforo Apolemia ganhou o status de ser possivelmente o animal mais longo do mundo, depois de descoberto por pesquisadores do Museu da Austrália Ocidental (WAM).


O sifonóforo, de aproximadamente 47 metros de comprimento, foi visto e filmado por uma expedição dos pesquisadores do museu a bordo do navio de pesquisa Falkor, que investigou as espécies das águas profundas australianas com um robô aquático, o ROV SuBastian, em 20 mergulhos de até 4.500 metros de profundidade.



Mas afinal o que é um sifonóforo? Na definição dos pesquisadores, é uma colônia flutuante de pequenos zooides individuais que se clonam milhares de vezes e se unem para trabalhar em equipe.


A expedição do Museu da Austrália Ocidental explorou os desfiladeiros submarinos de Ningaloo, focando especialmente em Cape Range e Cloates. Descobriu quase 30 novas espécies, entre as quais os primeiros hidroides gigantes da Austrália. Veja uma amostra.


Coleção de organismos recolhida | Foto: Greg Rouse et al

Veja mais: Flagrante: um polvo com orelha de Dumbo no mar mais profundo


#Austrália #AnimaisMarinhos #OceanoÍndico #Oceanos #WAM