• Sandra Carvalho

O custo da luz, de 400 horas de trabalho a um segundo

Um século e meio atrás, ainda era preciso ralar 3 horas para pagar uma hora de luz.


Infográfico do Der Spiegel: custo da luz através dos séculos

Tomara que o custo da banda larga baixe ao custo da luz - só que num período infinitamente mais curto.


O jornalista alemão Guido Mangels, da revista Der Spiegel, estimou o custo da luz através da história, usando dados de economistas.


Como se pode ver no gráfico, uma hora de luz equivalente à de uma lâmpada de 100 watts custava 400 horas de trabalho na Babilônia por volta de 1750 a.C. A iluminação vinha de óleo de gergelim.


Na Inglaterra de 1800, a hora de luz tinha caído para 50 horas de trabalho (equivalentes então a pouco mais de 150 dólares), mas ainda 3.200 vezes mais cara que hoje. Era a época de velas de talco.


A partir daí a queda de preço se acelera. Em 1880, uma hora de luz de lâmpadas a gás custava três horas de trabalho. Hoje, com lâmpadas elétricas, uma hora de luz custa 1 segundo de trabalho.


#Energia #História #Luz #Preços