• Sandra Carvalho

O novo show de cores das aranhas-pavão na Austrália

Sete espécies acabam de ser descritas por um aracnólogo de 22 anos dos Museus Vitória.


A aranha-pavão Maratus constellatus | Foto: Joseph Schubert

Graças a um ex-aracnofóbico, o mundo acaba de conhecer sete novas e supercoloridas espécies de aranhas-pavão do gênero Maratus.


Joseph Schubert, 22 anos, funcionário do setor de entomologia e aracnologia dos Museus Vitória, na Austrália, começou a colecionar aranhas para vencer seu medo delas. Hoje, é responsável pela identificação de 12 espécies de aranhas-pavão.


Minúsculas, do tamanho de um grão de arroz, essas aranhas são venenosas, mas não fazem mal a humanos. Vivem de moscas diminutas e outros insetos muito pequenos, que atacam de surpresa, sem usar teias, como as outras aranhas.


Típicas da Austrália, saltadoras, as aranhas-pavão são populares no YouTube e apelidadas de aranhas dançantes. O motivo: seus rituais de acasalamento, em que o macho exibe suas cores para as fêmeas. As cores das fêmeas, aliás, são muito mais apagadas que as dos machos.


As sete novas espécies de aranhas-pavão do gênero Maratus foram descritas Joseph Schubert no jornal Zootaxa, e comentadas por ele num vídeo de 1 minuto. Confira o show de cores de suas fotos.


Maratus azuraeus | Foto: Joseph Schubert
Maratus laurenae | Foto: Joseph Schubert
Maratus noggerup | Foto: Joseph Schubert
Maratus suae | Foto: Joseph Schubert
Maratus volpei | Foto: Nick Volpe
Maratus inaquosus | Foto: Joseph Schubert
Maratus azureus | Foto: Joseph Schubert

Veja mais: Sabe aquela camiseta suada? É com ela que percevejos correm o mundo


#Aranhas #Aracnologia #Austrália #Entomologia #Fotografia #Insetos #Museus #MuseusVitória #VidaSelvagem