O show da vida selvagem do Museu de História Natural de Londres

O drama e a exuberância da natureza num concurso de fotografia.


Filhote de urso-pardo com a mãe no Parque Nacional do Lago Clark, no Alasca | Foto: Ashleigh Scully

O concurso Wildlife Photographer of the Year busca os melhores registros da beleza e do drama da natureza. Este ano, recebeu 50 mil fotos de 92 países.


Os finalistas já foram divulgados pelo Museu de História Natural de Londres, seu organizador. Aqui você pode ver 10 dessas fotos.

As 100 melhores estarão expostas no próprio museu, a partir do dia 20 de outubro.


Focas-de-weddell, uma mãe e seu filhote, na área leste da Antártica | Foto: Laurent Ballesta

Raposa-do-ártico leva um ovo de pato na ilha Wrangel, Oceano Ártico, Rússia | Foto: Sergey Gorshkov. 

Anêmonas e peixes-palhaços no Estreito de Lambeth, Indonésia | Foto: Qing Lin


Lince-ibérico, espécie ameaçada, no Parque Nacional de Andújar, Espanha | Foto: Laura Albiac Vilas

Cavalo-marinho abraça um cotonete na ilha Sumbawa, Indonésia | Foto: Justin Hofman

Quetzal-resplandecente pega abacate na floresta San Gerardo de Dota, Costa Rica | Foto: Tyohar Kastiel

Filhote de tigre-de-sumatra, com uma perna amputada, em Sumatra, Indonésia | Foto: Steve Winter

Águia-careca ensopada, na ilha Amaknak, Alasca | Foto: Klaus Nigge

Cacto saguaro no deserto americano de Sonora, Arizona | Foto: Jack Dykinga

#Fotografia #PrêmiosDeFotografia #Museus #VidaSelvagem