• Sandra Carvalho

Onde está a escravidão do século 21?

Tráfico humano, trabalho infantil, trabalho forçado... essa é a escravidão moderna.



A escravidão moderna está bem espalhada pelo mundo todo. Se encontra na Índia, onde se estima que haja 18,4 milhões de pessoas submetidas a algum tipo de escravidão, ou no diminuto e riquíssimo Luxemburgo, onde as vítimas são raras, mas existem.


São 45,8 milhões de pessoas que sofrem com a escravidão moderna, segundo o Índice da Escravidão Global em 2016, produzido pela fundação australiana Walk Free.


A fundação é mantida pelo bilionário Andrew Forrest, um dos homens mais ricos da Austrália, e seu grupo de empresas de mineração.


As pesquisas do índice abrangem 167 países e dão conta de aproximadamente 99% da população mundial. As pesquisas ficam a cargo do instituto Gallup.


Mas o que é exatamente a escravidão moderna? Pode ser o tráfico humano, trabalho infantil, trabalho forçado, servidão, serviços prestados por dívidas, cativeiro, casamentos impostos...


A velha escravidão acabou quando o tráfico de africanos para o Brasil se encerrou tardiamente em 1888. (Mas se depender de pelo menos um deputado, Nilson Leitão, do PSDB do Mato Grosso, poderemos ter de volta algum tipo de servidão, com trabalhadores rurais remunerados em espécie, e não em dinheiro).


Dois terços das pessoas submetidas à escravidão do século 21 vivem na Ásia, onde o trabalho barato e não especializado abastece o mundo de praticamente tudo.


#Ásia #China #EscravidãoModerna #Índia #Paquistão