• Sandra Carvalho

Os 10 estados mais violentos do Brasil

No Amapá, a taxa de assassinatos chega a 49 por 100 mil habitantes.


Oiapoque, no Amapá: números impressionantes de assassinatos | Foto: cc0 Jorge Cardoso/Ministério da Defesa

Em números absolutos, o Rio de Janeiro foi o campeão dos assassinatos em 2019. Lá aconteceram 5.976 mortes violentas intencionais no ano passado, uma marca não superada por nenhum outro estado.


Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020, publicado pela organização FBSP, fórum que estuda a violência brasileira desde meados dos anos 2000.


Depois do Rio de Janeiro, os estados que registraram mais assassinatos foram a Bahia (5.832) e São Paulo (4073). Isso quer dizer que os três são os estados mais violentos do país? Não, mas Rio e Bahia chegam perto.


Considerando a população, a taxa de mortes violentas do Rio foi de 35 a cada 100 mil habitantes, a sétima mais alta entre todos os estados. A da Bahia chegou a 39 por 100 mil, a quinta mais alta.


Já em São Paulo a taxa de mortes violentas intencionais ficou em 9 por 100 mil, a mais baixa do país, melhor que a de Santa Catarina (11 por 100 mil ) e Minas (13 por 100 mil), os dois outros estados mais bem resolvidos de acordo com esse critério.


Levando em conta a população, os estados brasileiros mais violentos são Amapá, Sergipe e Rio Grande do Norte. Confira a lista proporcional da violência em 2019:


Veja mais: Violência no Brasil: o racismo por trás dos tiros

Domingo é o dia de mais assassinatos no Brasil


#Crimes #Assassinatos #FBSP #RJ #SP #AP #SE #RN