• Sandra Carvalho

Os 10 países com maior poder militar (Brasil é o 10º)

A Rússia, com tropas prontas para invadir a Ucrânia, fica em 2º lugar nesse ranking.


Militares brasileiros
Forças armadas brasileiras: mais gente que os Estados Unidos | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A temperatura política subiu na Europa, com a Rússia preparada para invadir a Ucrânia ao primeiro aceno de Vladimir Putin, seu presidente.


Com os russos aparentemente dispostos a retomar na marra o domínio sobre a ex-república soviética, é hora de examinar quem tem o maior poder militar hoje em dia.


Nesse ranking, as armas nucleares estão excluídas - vamos imaginar que nenhum país queira iniciar agora uma guerra que pode acabar com a humanidade extinta.


A lista foi preparada pelo site de dados americano Global Firepower (#GFP), que analisa o poder militar de cerca de 140 países levando em conta 50 diferentes fatores.


Seu lema é uma citação do filósofo britânico Bertrand Russell: "A guerra não determina quem está certo - só quem sobrou".


A pontuação máxima do ranking GPF seria 0,0000, provavelmente inatingível. Assim, quanto menos pontos, maior poder militar. Confira:

Países

Pontuação

1. Estados Unidos

0,0453

2. Rússia

0,0501

3. China

0,0511

4. Índia

0,0979

5. Japão

0,1195

6. Coreia do Sul

0,1261

7. França

0,1283

8. Reino Unido

0,1382

9. Paquistão

0,1572

10. Brasil

0,1695

Fonte: GFP 2022

O Brasil, na 10ª posição, se destaca principalmente pelo número de pessoas empregadas em suas forças armadas, 2,1 milhões, cerca de 1% de sua população total, de acordo com as estimativas do GPF.


É mais gente do que empregam os Estados Unidos (1,8 milhão de pessoas, 0,5% da população) e Rússia (1,3 milhão, 0,9% ) e menos do que os dois países mais populosos do mundo, China (3,1 milhões, 0,2%) e Índia (5,1 milhões, 0,4%).


Quase todos os 10 países mais poderosos militarmente estão envolvidos em conflitos acirrados com outros países, com guerras e/ou escaramuças militares esporádicas ou frequentes.


Nesse contexto, o Brasil aparece no ranking como um peixe fora d'água, porque não tem conflitos armados com qualquer país há décadas.


Praticamente todos os seus vizinhos estão em posição muito mais modesta nessa lista, e alguns nem aparecem nela. A Argentina, por exemplo, entre os mais bem colocados, está 30 posições abaixo.


A menos que os militares planejem invadir a vizinha Guiana Francesa, considerada um território da França, um país com maior poder militar que o Brasil, podemos baixar a guarda nesse campo. ✔︎


Veja mais: Robôs assassinos abrem uma nova corrida armamentista