• Sandra Carvalho

Os 10 países mais caros do mundo ( o Brasil é lanterninha)

Para quem gasta em dólar, o Brasil virou uma pechincha, já que o real está no chão.


Zurique
Zurique: 1º lugar em preços altos | Foto: cc0 Ruth Georgiev/Unsplash

Os preços mais altos do mundo de aluguel, compras de supermercado, restaurantes, transportes e serviços públicos ficam em três países europeus: Suíça, Noruega e Islândia.


Eles são os campeões do Índice do Custo de Vida do site de estatísticas Numbeo, baseado em crowd sourcing e criado na Sérvia por um ex-engenheiro do Google.


Dez dos países mais caros do mundo para viver ficam na Europa, e os outros cinco se espalham pela Ásia, Oceania, Oriente Médio e Caribe.


No Brasil, com a inflação disparando ( o IPCA acumulado nos últimos 12 meses já chegou a 9,68%, segundo cálculos do IBGE), o custo de vida está cada vez mais alto para os brasileiros.


Mas o Índice do Custo de Vida do Numbeo faz as contas em dólar, comparando com os preços de Nova York - e para quem ganha em dólar o Brasil tem ficado cada vez mais barato nos últimos anos.


Em 2021, está em 109º lugar na lista dos países mais caros, considerando os países reconhecidos pela ONU. Nos últimos anos, quanto mais o real se desvaloriza, mais o Brasil desce no ranking do Numbeo.




Veja mais: Investidores fogem do Brasil de Bolsonaro na pandemia