• Sandra Carvalho

Os novos iPhones têm pegada mais verde

Vários produtos químicos tóxicos foram eliminados das novas linhas de celulares da Apple.


Celulares mais recentes: mais ligados no meio ambiente | Imagem: reprodução Apple?YouTube

Com Steve Jobs, a Apple não ganhava nenhuma medalha de respeito ao meio ambiente. Com Tim Cook, não é bem assim. Os três novos modelos de iPhone mostram isso.


Tanto os dois iPhone 8 quando o iPhone 10, segundo a Apple, são livres de vários produtos químicos tóxicos usados frequentemente em celulares.


Belírio, por exemplo, encontrado no cobre, está fora dos novos iPhones. Pode causar problemas de pulmão para as pessoas que lidam com ele durante o processo de fabricação dos smartphones.


PVC, que pode liberar ftalatos, disruptores do sistema endócrino, também ficou fora dos três modelos novos de celulares. Ele é normalmente usado em cabos de celulares, seja de eletricidade seja de fones de ouvido.


Outro químico tóxico ausente é o BFR, retardante de chamas bromado, acusado de afetar a tiróide de crianças e mulheres grávidas. De acordo com o último relatório de responsabilidade ambiental da Apple , ele foi eliminado dos seus produtos em 2008.


Sem arsênico ou mercúrio


O vidro dos visores dos novos iPhones também está livre de arsênico, associado a muitos casos de câncer em áreas próximas a fábricas de vidros para celulares. Segundo a Apple, o arsênico foi banido inclusive de seus celulares mais antigos, desde 2008.


O mercúrio também está fora tanto dos visores dos novos modelos quando os celulares mais antigos, porque a Apple substituiu as lâmpadas fluorescentes que tinham mercúrio por LEDs sem mercúrio em 2009.


No evento de estreia dos novos iPhones, a Apple também afirmou que usa com eles um processo de fabricação de baixo carbono.


Em seu relatório de responsabilidade ambiental deste ano, a empresa indica que reduziu no geral as emissões de 137.2 em 2011 para 97 em 2016 por produto (kg).


#Apple #Carbono #Celulares #iPhone #Ftalatos #Mercúrio #PVC #Sustentabilidade