• Sandra Carvalho

Os rostos por trás do dinheiro da indústria de tecnologia em 2017

Entre 100 bilionários da tecnologia, 50 são dos Estados Unidos e 17 são da China.


Bilionários: o poder da tecnologia de fazer dinheiro | Fotos: Amazon/Dell/FEM/Google/ONU/Oracle/TechCrunch/ cc Martin Olsson e Steve Juvertson

Os 10 homens mais ricos do mercado de tecnologia em 2017 são figurinhas carimbadas, todos eles, de Mark Zuckerberg, do Facebook, a Michael Dell, da Dell. A diferença é que estão mais ricos ainda, acumulando 94 bilhões de dólares a mais em 12 meses.


No novo ranking das 100 pessoas mais ricas em tecnologia da Forbes, publicado na semana passada, o patrimônio total dos bilionários passou de 1 trilhão de dólares.


Para entrar nesse clube, é preciso uma fortuna de pelo menos 2,6 bilhões. Ser homem ajuda muito: entre os 100 mais ricos, só há seis mulheres. Confira a lista dos 10 mais, 100% masculina.



Os 10 maiores bilionários se fizeram em 8 empresas, seis americanas e duas chinesas: Microsoft, Amazon, Facebook, Oracle, Google, Alibaba, Tencent e Dell.


Nenhuma surpresa aí na origem das fortunas, já que Estados Unidos e China dominam o mercado de tecnologia de forma avassaladora.


Entre os 100 bilionários da tecnologia, 50 são dos Estados Unidos e 17, da China. O resto do mundo disputa as migalhas que sobram. Veja no gráfico.



O Brasil entra na lista com Eduardo Saverin, cofundador do Facebook. Ele está em 27º lugar na lista dos 100 maiores bilionários de tecnologia, com 9,7 bilhões de dólares.


Saverin estudou em Harvard e se tornou cidadão americano, mas se mudou em 2009 para Cingapura, abrindo mão de sua nacionalidade americana dois anos depois.


Hoje Saverin vive em Cingapura como investidor de startups na Ásia e nos Estados Unidos.


#Bilionários #BillGates #Forbes #JeffBezos #MarkZuckerberg #Rankings